Defendendo o direito a Vida!

Este é um espaço destinado a assuntos relacionados á Educação, profissão e formação que escolhi principalmente por passar os melhores anos de minha infância e juventude num ambiente sadio, construtivo e conscientizador de uma escola católica. Justamente por isso, sinto-me plenamente segura de meu dever, enquanto cidadã, de que não devo abster-me neste espaço de levantar questionamentos  e indagar a todos (não são tantos quanto os do G1) os leitores deste pequeno espaço sobre sua opinião quanto a esta reportagem sobre o posicionamento e atitude bispo de Guarulhos, Dom Luiz Gonzaga Bergonzini.

É lamentável que as relações de poder exercidas dentro da hierarquia e burocracia da Igreja, enquanto instituição, alimentem a vaidade de seus líderes a ponto de esquecerem-se de um dos principais ensinamentos de Jesus Cristo: Amar ao próximo como a Ti mesmo.

Tal poder, criando-lhe a ilusão de que deve comandar e não orientar e esclarecer seus discípulos, leva este “servo do Senhor” á prepotência de julgar e condenar a figura de uma mulher, pelo simples fato desta ser uma militante engajada dos (supostos) direitos das demais mulheres de seu país. Com todo respeito ao Sr. Bispo, não acredito que ele realmente acredite que esta mulher, sozinha, ou mesmo engendrando um plano maquiavélico, poderá aprovar o aborto, num pais de 190 milhões de habitantes e com maioria cristã. E se ainda assim, utilizando-se dos meios democráticos, o fizer, acredito que aí sim, a função da Igreja será combater e esclarecer aos cristãos e não cristãos as implicações éticas, religiosas e morais do aborto.

Lamentável, Sr. Bispo, que o senhor utilize, assim como outros tantos líderes de outras comunidades e de outras religiões, o seu poder de uma forma tão degradante, pois aconselhar, esclarecer, orientar e conduzir nada tem a ver com imprimir panfletos com afirmações levianas e infundadas a respeito de uma possível defesa que ainda supostamente poderá (ou não) acontecer. É preferível e mais coerente que o Sr. declare sua preferência pelo outro candidato, aconselhe seus fiéis a votarem nele declaradamente do que apresentar esta postura, transformando uma mulher no que ela provavelmente não é.

Finalizando, outro questionamento importante: Já pararam pra pensar em quanto custa em uma gráfica, 2 milhões e 100 mil panfletos???? Pra se ter uma ideia, sou representante de uma gráfica aqui no RJ, e o mais simples, impresso só na frente, em tamanho A4 sai a R$ 316,00 cada 5 mil unidades.

Este total gasto poderia ajudar milhares de criancinhas que nascem a todo momento nesse país, de mães cuja, miséria, promiscuidade, drogas, violência, e OMISSÃO de nossa sociedade em geral assiste de forma impassível e convive nas ruas e também nas portas das Igrejas e Templos em busca de algum alento e alimento.

Obrigada por seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s