Projeto Telinha na Escola

Temos aqui um grande exemplo de que os celulares na escola não representam apenas um problema, muito pelo contrário, podem ser grandes aliados no processo de aprendizagem.

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO, VIVO E A ONG CASA DA ÁRVORE FECHAM PARCERIA PARA LEVAR NOVAS TECNOLOGIAS DE APRENDIZAGEM ÀS SALAS DE AULA

Projeto Telinha na Escola consiste em propor aos alunos e professores da rede pública estadual uma abordagem diferenciada de ensino a partir da produção de filmes (pocket movies) feitos por celulares
A Secretária Estadual da Educação de Rondônia, Marli Cahulla, o Gerente Regional da Vivo, Heriberto Liberatti, e a Representante da ONG Casa da Árvore, Priscilla Lima, assinarão dia 04 de agosto o termo de cooperação para a implantação do projeto Telinha na Escola, que propõe aos alunos e professores da rede estadual de ensino uma nova forma de aprendizagem ao utilizar novas tecnologias no ambiente escolar.

De forma piloto, duas escolas estaduais, Flora Calheiros (matutino) e Marcelo Cândia (vespertino), participam do projeto que conta com seis professores selecionados e capacitados para praticar a metodologia de filmagem, produção de roteiro, edição e distribuição de vídeos
por meio de aparelhos celulares a 40 estudantes, de 14 a 16 anos.

Esses jovens já têm contato com produções audiovisuais a partir de iniciativas como Edu-comunicação, Produção na Escola, Comunicação e Meio Ambiente, Conhecendo a Escola e Meu Bairro, Desbravadores da História e 1ª Conferência Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente na Escola.

As turmas estão divididas em dois grupos e têm 9 horas semanais de aulas, em períodos complementares aos de seus estudos.

A Secretária Estadual da Educação, Marli Cahulla, considera importante esta parceria por possibilitar ao aluno não só o acesso à tecnologia moderna, mas também dominá-la em sala de aula, despertando ainda o interesse pela sétima arte, saindo do papel de mero telespectador para
a atuação em campo como ator, autor ou diretor. Para o Gerente Regional da Vivo no Acre e Rondônia, Heriberto Liberatti, “o projeto irá contribuir na formação de professores e alunos e incentivar no interesse pelas aulas”.

A capacitação dos professores foi ministrada, durante o mês de junho pela equipe do projeto Telinha de Cinema que é desenvolvido em Tocantins desde 2007. Foram abordados temas como aplicação de metodologia para filmes em celular (pocket movies) e maneiras de como os professores podem incorporar novas tecnologias, como os pocket movies, em sala de aula. Durante o semestre, os professores serão acompanhados e monitorados pela equipe do Telinha de Cinema.

Postarei depois maiores detalhes e links com os trabalhos desenvolvidos em Tocantins.

Anúncios

Obrigada por seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s