O que sabemos da Infância???


Ainda em clima de “dia das Crianças”, em meio a crise financeira, ressaca de eleição, e outros eventos corriqueiros da sociedade burguesa brasileira, e preparando-me para o tenso período de avaliações a distância do meu curso de pedagogia, eis a questão: Reflexões sobre a infância enquanto construção histórica.
No excelente artigo de Ana Cristina Coll Delgado*, “Infâncias e Crianças: O que nós adultos sabemos sobre elas?”, descobrimos a importância de refletir “sobre os significados que nós, adultos, atribuímos às crianças e suas culturas.”

Muitas vezes, tanto na pedagogia tradicional quanto nas novas concepções, oscilamos entre a ingenuidade e o paternalismo e o autoritarismo e o moralismo, supondo que tudo sabemos sobre a existência infantil. A realidade nos mostra que tudo é muito dinâmico e que é impossível utilizar um conceito universal de infância, visto que estas sofrem influências de incontáveis variáveis de classe, raça, gênero e de tempo e espaço.
Nossa tendência é analisar a infância sempre restrita aos espaços educacionais, mas noa esquecemos de observá-la em outros espaços educativos: nas ruas, vilas, favelas, academias, televisão, games e internet. As crianças interagem nestes ambientes e como participantes de uma interação social, nos surpreendem a cada dia.
Recentemente, uma mãe desafisada, descobriu o perfil de uma menina no orkut e viu que havia algo familiar: era o perfil de sua filha.

Acompanhar a infância, é uma tarefa nada fácil. Saber até onde interferir, quando e como, e o que permitir, é hoje a maior indagação de pais responsáveis e educadores.
Certamente acredito que os adultos tem muito ainda a aprender…

Meu filho de 6 anos resolveu ser blogueiro… Muito animador, para uma mãe blogueira, mas tento exercer a menor parcela de influência nesta decisão. É claro que já exerço, pois ele me vê blogando. A continuidade ou não de suas postagens dependerá dele: única e exclusivamente! Visite:

Corujices à parte, espero que o ato de escrever continue fazendo parte de seu dia a dia por toda sua vida. E que a concorrência da TV e do Playstation não atrapalhe…

* Professora adjunta do Departamento de Educação – DECC da Fundação Universidade Federal do Rio Grande – FURG, RS

Anúncios

Obrigada por seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s