Importantes Considerações sobre Informática Educativa

Aproveitando o período das férias escolares, ainda sob o efeito estressante do encerramento burocrático do semestre, deparei-me com alguns artigos muito relevantes.
Como entusiasta do uso das tecnologias na educação, utilizando-as á partir da pré-escola, parei para uma profunda análise do pensamento do Prof. Valdemar Setzer
Ao condenar o uso dos computadores pelas crianças em artigos e entrevistas, confesso que num primeiro momento, apesar do profundo respeito pelo professor, discordei veementemente.
Muitas são as pesquisas e os artigos relacionados – críticas surgem de várias partes – sempre apoiadas em algumas estatísticas e pesquisas.
Num segundo momento, coincidentemente, outro artigo me chamou a atenção: a questão do ensino religioso num estado laico, onde por conta disso muitas escolas vem esquecendo da formação de valores, independentes de religião, onde a criança deve “orar” , “rezar” ou ainda “agradecer ao papai do céu” por sua merenda.
Contrariando o que defende o professor Setzer na Pedagogia Waldorf, não vejo o computador como inimigo da criação e da atividade artística. Meus alunos planejaram no PC as formas de plantio da horta e foram colocar as mãozinhas na terra. Desenharam a pipa, experimentando as melhores combinações de cores e foram montá-la com papel e bambu…
Em quê isso é prejudicial? Não consigo imaginar um jovem de 17 anos, terminando o ensino básico sem nunca ter manuseado um computador, ir para uma faculdade cursar informática…
Vejo ao fim do túnel dois pontos primordiais:

  • A Pedagogia essencial com Gabriel Chalita
  • O post da colega Vanessa – “Não basta entupir de recursos tecnológicos materiais se não houver metodologia de trabalho e projeto pedagógico.” Excelente vídeo!

Logo, as crianças que se encontram alienadas, em frente a TV e o PC – estes não são a causa.
Os jovens que se alienam estão a procura de algo que lhes falta…e que tecnologia nenhuma terá.
Quanto ao excesso de consumismo, a classe média precisa com urgência puxar suas próprias orelhas e muitas escolas, principalmente as particulares, vem entrando na onda.

As Sandálias da Maria Júlia


Maria Julia (6 anos) _ Tia, olha a Sandália nova da XUXA !
Tia Jenny_ Ah! Mas não é da XUXA mesmo !
Maria Júlia_ É sim, tia, foi minha mãe quem me deu…
Tia Jenny _ Esse não pode ser o número dela… a XUXA é modelo, é bem grande, com certeza não cabem no pé dela …
Anúncios

Obrigada por seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s